Clipes Gauchos

Délcio Tavares

Bagual – Délcio Tavares

Bagual – Délcio Tavares

    

IMDB: /10 Votos

Bagual - Délcio Tavares No potreiro de minhas fantasias Há um bagual galopando contra o vento Também fui moço e atirei o freio Retossei na vida e me perdi no tempo Também fui moço e atirei o freio Retossei na vida e me perdi no tempo Desde potrinho, eu abri caminhos Fui amansado com um cabresto novo O brete é estreito para quem começa E até a marca quem te bota é o povo O brete é estreito para quem começa E até a marca quem te bota é o povo Fui aporreado, ...

Falta um Pássaro no Sul – Délcio Tavares

Falta um Pássaro no Sul – Délcio Tavares

Falta um Pássaro no Sul - Délcio Tavares   Falta um Pássaro no Sul - Délcio Tavares

Canção do Pescador – Délcio Tavares

Canção do Pescador – Délcio Tavares

Canção do Pescador - Délcio Tavares Pescador prepara o barco Já é hora de pescar Uma vela vai no mastro E a outra vela no altar A mão da vela de sebo Segura um facho de luz A outra dá o que recebo Fazendo o sinal da cruz As bóias no torvelinho Se agitam por sobre as águas Relembrando teu caminho Na via sagradas mágoas Cada peixe representa Pão e vinho em tua mesa Corpo, sangue e água benta Do irmão, pai da pobreza Herói dos dias sombrios Nas noites de calmaria Teu destino é um desafio Conto de joão ...

Délcio Tavares – Colírio

Délcio Tavares – Colírio

Délcio Tavares - Colírio Retemperei uma flor Pro carinho abrir as asas E desgarrar essa dor Com jeito de ferro em brasa Quem nasceu pra beija-flor Jamais será espalha brasa Quem nasceu pra beija-flor Jamais será espalha brasa Na janela dos teus olhos Tem um coração tatuado Sou eu querendo você Todo dia ao meu lado Na janela dos teus olhos Tem um coração tatuado Sou eu querendo você Todo dia ao meu lado Tantos anos se passaram Quantas luas namoradas Os caminhos se encontraram E nossas vidas somadas No horizonte sonharam Pra se fazer madrugadas No horizonte sonharam Pra se fazer madrugadas Na janela ...

20ª Guyanuba da Canção – Chuva de Espera

20ª Guyanuba da Canção – Chuva de Espera

20ª Guyanuba da Canção - Chuva de Espera   A chuva chegou em pingos de espera Com a mão de quimeras que chegam à tarde A luz da consciência as vozes de dentro Queimando no centro silêncios de alarde O rumo estradeiro de orelhas alertas Ao trote desperta lembranças dormidas Sair pra voltar trazendo consigo Além do perigo a prenda querida O vento dobrava a melena dos pastos Rangido de bastos Chapéu desabado A noite chegando o dia saindo E a chuva caindo no poncho encharcado O murmúrio das sangas à beira do mato Na mente ...

Rancho Coração – Délcio Tavares

Rancho Coração – Délcio Tavares

Rancho coração - Délcio Tavares Nestes junhos de invernias Com prenúncios de geadas Busco na luz das estrelas Os olhos da minha amada No meu rancho coração Me emponcho de soledade Abro as portas pra os recuerdos Da "oh de casa!", a saudade Meu rancho de porta aberta E cheio de boas vindas Está vazio com tua ausência Por isso é mais triste ainda Guitarreio melodias Entropilhadas de amores Grafadas nos aramados Com as tramas dos corredores Se os junhos trazem as cheias Mesmo em clima de verão Tua ausência traz saudade No meu rancho coração Talvez um dia tu voltes Para ...

Mate de Esperança – Délcio Tavares

Mate de Esperança – Délcio Tavares

Mate de Esperança - Délcio Tavares Mate de Esperança - Délcio Tavares. Eu vou cevar um mate gordo de esperança Com a erva verde do verde do teu olhar Tomar um trago bem graúdo E preparar tudo Para te esperar E o meu rancho que era escuro de saudade Eu vou fazer uma pintura de alegria Para te impressionar e te agradar Se tu voltar guria Eu fiz promessa pro negrinho Eu fiz promessa pro negro do pastoreio Levei fumo em rama e um gole de canha Como oferenda Só para ele me ajudar Só ...