Clipes Gauchos

Eco do Minuano e Bonitinho

Bonitinho – Me Comparando Ao Rio Grande

Bonitinho – Me Comparando Ao Rio Grande

Bonitinho - Me Comparando Ao Rio Grande  Sou grito do quero-quero No alto de uma coxilha Sou herança das batalhas Da epopéia farroupilha Sou rangido de carreta Atravessando picadas Sou o próprio carreteiro Êra boi, êra boiada Êra êra boi Brasino Êra êra boi Pitanga Boi Fumaça, Jaguaré Olha a canga... Sou velha cambona preta Dependurada nos tentos Sou o chapéu do domador Tapeado de contra o vento Sou rancho de pau-a-pique À beira de uma estrada Onde descansa o tropeiro Pra seguir sua jornada Êra êra boi Brasino Êra êra boi Pitanga Boi Fumaça, Jaguaré Olha a canga... Sou a cor verde do pampa Nas ...

Documentário – Bonitinho ( Juliano Trindade)

Documentário – Bonitinho ( Juliano Trindade)

Documentário - Bonitinho ( Juliano Trindade) O guitarrista Juliano Trindade, o bonitinho é Sucesso no Tradicionalismo do Sul. Quem conheceu o guitarrista Bonitinho quando ainda fazia parte do Grupo Garotos de Ouro, ao rever sua apresentação, em que valoriza o seu instrumento musical, tanto no vocal, quanto nos arranjos e nas canções, nota sua evolução no tradicionalismo da nossa música do Sul. Bonitinho, agora faz parte do grupo Eco do Minuano. Com a alma de um jovem tradicionalista, Bonitinho também conquistou os corações dos ...

Chiquito e Garotos de Ouro e Bonitinho – Pot-pourri

Chiquito e Garotos de Ouro e Bonitinho – Pot-pourri

Chiquito e Garotos de Ouro e Bonitinho - Pot-pourri Tiro de laço gineteada, companheirada, bom chimarrão No sarandeio belas chinocas no entremeio , uma canção Trovas, repentes, bons violeiros, canções nativas e o carreteiro Entrelaçados em harmonia, ao pé do fogo neste rodeio É no acampamento, lugar da pousada, onde se descansa Mas sempre de barraca armada E a gauchada toda animada, dança com as prendas de barraca armada Tem gaita ponto entreverada com a pianada em desafio Mas nunca falta o piá campeiro, todo pilchado no correntio Fica bombeando ...

Galpão do Tio Nico – Eco do Minuano e Bonitinho

Galpão do Tio Nico – Eco do Minuano e Bonitinho

Galpão do Tio Nico - Eco do Minuano e Bonitinho Logo ali subindo o cerro Pertito dos macegal Se escuta um ronco de gaita E um relincho de bagual Uma indiada que canta E outras que vão pra assistir Um quera só no improviso Faz o Rio Grande aplaudir Crioulo é o galpão do Nico É cultura é tradição Lá se faz versos bonitos Com voz cordeona e violão Crioulo é o galpão do nico Sem tramela e sem luxo Tem cachaça,tem salame Tem até caldo de bucho...Tem até caldo de bucho...   Galpão do Tio Nico - ...

Que Balanço Bom – Eco do Minuano e Bonitinho

Que Balanço Bom – Eco do Minuano e Bonitinho

Que Balanço Bom - Eco do Minuano e Bonitinho To trazendo um embalo de tirar o boné E um balanço bem cuiudo sabe como é A gente andou batendo bumbo la no candomblé Eles mandaram um vanerão pra sacudir as muié E a gaita veia se desmancha louca de faceira Levantando polvadeira só num arrasta pé E olha só como é que fica o nosso salão Ao tem par que não se entregue pra este vanerão Inté a tia Maria dança com o tio João E o pandeiro se assanha ...

Louco pra Dançar – Eco do Minuano e Bonitinho

Louco pra Dançar – Eco do Minuano e Bonitinho

Louco pra Dançar - Eco do Minuano e Bonitinho Um sotaque de vanera Numa gaita bagaceira, fazendo o baile fervê Uma china de primeira Que se bandiô da fronteira, só me dá o que fazê Um pandeiro bem surrado Num trancão embatucado, pro povo dizê no pé E a guitarra debochada Num bailão de cola atada, tapadinho de muié Tá formado o intrevêro Pode avisar o gaiteiro, que hoje o bicho vai pegá Deixe que o mundo se acabe Porque todo mundo sabe, que eu tô loco pra dançá Numa vontade medonha Eu atropelo ...