Clipes Gauchos

João Luiz Correa

João Luiz Corrêa – Eu Sou do Sul

João Luiz Corrêa – Eu Sou do Sul

    

IMDB: /10 Votos

Eu sou do sul, sou do sul É só olhar pra ver que eu sou do sul, sou do sul A minha terra tem um céu azul, céu azul É só olhar e ver Eu sou do sul É só olhar pra ver que eu sou do sul A minha terra tem um céu azul É só olhar e ver Eu sou do sul É só olhar pra ver que eu sou do sul A minha terra tem um céu azul É só olhar e ver Nascido entre a poesia e o ...

João Luiz Corrêa – Entrevista com Edson Dutra

João Luiz Corrêa – Entrevista com Edson Dutra

    

IMDB: /10 Votos

João Luiz Corrêa - Entrevista com Edson Dutra

João Luiz Corrêa – Minha Infância

João Luiz Corrêa – Minha Infância

    

IMDB: /10 Votos

Lembro o regato Que nadei quando criança Na minha infância que fugiu Pra o corredor Lembro o cavalo Meu parceiro de andanças Fortes lembranças De um passado encantador O tempo passa, a vida muda O homem cresce, mas não esquece A saudade é profunda Meu avô querido Quantas histórias Vida de fartura, goiaba madura Que belas memórias Queria reviver um momento apenas Desta minha infância que o tempo levou Momentos tão ricos de vida lá fora Marcas do passado que em mim ficou João Luiz Corrêa - Minha Infância

João Luiz Corrêa – Minha Infância

João Luiz Corrêa – Minha Infância

João Luiz Corrêa - Minha Infância Lembro o regato Que nadei quando criança Na minha infância que fugiu Pra o corredor Lembro o cavalo Meu parceiro de andanças Fortes lembranças De um passado encantador O tempo passa, a vida muda O homem cresce, mas não esquece A saudade é profunda Meu avô querido Quantas histórias Vida de fartura, goiaba madura Que belas memórias Queria reviver um momento apenas Desta minha infância que o tempo levou Momentos tão ricos de vida lá fora Marcas do passado que em mim ficou João Luiz Corrêa - Minha Infância Lembro o regato Que nadei quando criança Na ...

João Luiz Corrêa – Gaiteiro Medonho

João Luiz Corrêa – Gaiteiro Medonho

João Luiz Corrêa - Gaiteiro Medonho Tamanha senvergonhice naquele corpo não cabe, e todo mundo já sabe que ele é um baita bagaceira, mas em festa que ele toca o patrão fica contente, porque entope de gente pra bailar a noite inteira” Já tá chegando o gaiteiro com o “zóio” que é umas “bolita” e só pra moça “bunita” distribuindo assinatura num trancão de ir pra roça se fazendo de canhoto com um sorriso maroto numa baita cara dura onde ele boleia a perna tem suspiro, riso e choro mas ...

João Luiz Corrêa – Rio Grande do Sul

João Luiz Corrêa – Rio Grande do Sul

João Luiz Corrêa - Rio Grande do Sul Existe um lugar que é uma beleza presente da natureza no cantinho do Brasil terra do rodeio e da bailanta onde a aurora se levanta cheia de encantos mil povo bom de prosa e sem luxo num estilo bem gaúcho cultivando a tradição churrasco gordo, trago, trova e cantoria e o encanto das gurias num fandango de galpão. Vem conhecer os verdes campos orvalhados o chimarrão bem cevado em volta de um fogo de chão sentir de perto o amor de um povo hospitaleiro o ...

João Luiz Corrêa – Do Meu Jeito

João Luiz Corrêa – Do Meu Jeito

João Luiz Corrêa - Do Meu Jeito Não arrepare no meu jeito companheiro Pois sou campeiro e tenho muito prá contar Trago no lombo muita vida e pó da estrada E este meu jeito todo taura de chegar São meus arrimos o improviso e a cantoria E de adorfia um pingo xucro prá lidar Sobre os arreios sou pachola nas carona E as redomonas varam léguas prá me olhar Bem do meu jeito gauderiando por vontade Sou bem assim não pensem que é vaidade Meu pensamento corre solto nos potreiros Pois sou ...

Joao Luiz Correa e Grupo Campeirismo – Chega de Bole-Bole

Joao Luiz Correa e Grupo Campeirismo – Chega de Bole-Bole

Joao Luiz Correa e Grupo Campeirismo - Chega de Bole-Bole Chega de Bole-Bole, Chega de Mexe-Mexe Vamo resgatar as raízes e voltar a tradição* Chega de Bole-Bole, Chega de Mexe-Mexe Resgatando as raízes, voltando à tradição Chega de Bole-Bole, Chega de Mexe-Mexe Vamo de sapateio e de gaita de botão Minha mulher comprou um vestido diferente Fiquei bem brabo e tive que brigar com ela Onde se viu andar com roupa desse jeito? Mais fino que cincão de mortandela! Chega de Bole-Bole, Chega de Mexe-Mexe Resgatando as raízes, voltando à tradição Chega de ...

João Luiz Corrêa – China Atrevida

João Luiz Corrêa – China Atrevida

João Luiz Corrêa - China Atrevida Cada vez que o sol levanta Traz consigo uma ansiedade De uma china onde a saudade É o poncho da minha vida Que china mais atrevida Que sai sem avisar nada E só vem de madrugada Neste sonho de ilusão O meu chucro pensamento Vai sem rumo estrada a fora Pressenti chegar a hora Num palpite quase certo Meu rancho ficou deserto Sem achego da morena Que só vive em meu poema Num disfarce à solidão E assim vai passando o tempo Com seus segredos E eu no vazio dos meus pelegos Espero a ...

João Luiz Corrêa – De Rodeio Em Rodeio

João Luiz Corrêa – De Rodeio Em Rodeio

João Luiz Corrêa - De Rodeio Em Rodeio Quando um matungo "veiaco" Arrasta o toso comigo Ali no mais eu me obrigo Campear a sorte na espora Cavalo é sempre um perigo Na gineteada ou na doma Deixo que a espora lhe coma Que assim minha sorte melhora Peguei gosto pela vida De andar no mundo a cavalo E hoje os que eu embuçalo Também é por precisão Pelas estâncias domando Ou nos rodeios de xucros A montaria é meu lucro E os potros minha devoção Depois que eu saltar no lombo Só quandi que quero eu apeio Minha ...